Certo ou Justo?

Não era certo cuspirem nos olhos que haviam chorado por eles.

Não era certo que os soldados arrancassem pedaços de pele das costas do seu Deus. Não era certo que pregos atravessassem as mãos que formaram a terra.

E não era certo que o Filho de Deus fosse forçado a ouvir o silêncio de Deus.

Não era certo, mas aconteceu.

Enquanto Jesus estava na cruz, Deus ficou imóvel.

Ele deu as costas. Ignorou os gritos do inocente.

Manteve-se em silencio enquanto os pecados do mundo eram colocados sobre seu Filho.

 Não fez nada, enquanto um grito milhares de vezes mais sangrento que o de João ecoou pelo ceu de trevas:

“Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?”

Era certo? Não.

Era justo? Não.

Era amor? Sim.

Num mundo de injustiça, Deus, de uma vez por todas,

inclinou o braço da balança em prol da esperança. Fez isso ficando

imóvel, para que pudéssemos conhecer o reino de Deus.

Max Lucado – Um Presente para Todos: http://bit.ly/vWuLCi

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s