Sorte

 Era uma vez um fazendeiro. Ele tinha um filho e um cavalo. Um dia, seu cavalo fugiu e os vizinhos vieram consolá-lo, dizendo: ‘Que má sorte seu cavalo ter fugido’. E o velho respondeu: ‘Quem há de saber se é boa ou má sorte’. ‘Claro que é má sorte’, repetiram os vizinhos.

 Dentro de uma semana, o cavalo voltou para casa, acompanhado por 20 cavalos selvagens. Os vizinhos do fazendeiro vieram comemorar, dizendo: ‘que sorte a sua. Seu cavalo voltou e ainda trouxe 20. E o velho respondeu: ‘Quem há de saber se é boa ou má sorte.’

No dia seguinte o filho do fazendeiro cavalgava em meio aos cavalos selvagens quando caiu e quebrou a perna. Os vizinhos vieram consolá-lo, dizendo: ‘que má sorte.’ E o fazendeiro disse: ‘Que há de saber se é boa ou má sorte.’ Alguns vizinhos ficaram zangados e disseram: ‘Claro que é má sorte, seu velho tolo.’

Outra semana se passou e o exercito atravessou cidade recrutando todos os rapazes em forma para combaterem em terras distantes. O filho do fazendeiro, com a perna quebrada, ficou em casa. Todos os vizinhos vieram comemorar, dizendo: ‘Que boa sorte seu filho ter ficado em casa.’ E o fazendeiro disse: ‘Quem há de saber?

Podemos passar nossas vidas inteiras especulando: ‘Isto é bom, isto é ruim…’Mas é inútil. Rotulamos os acontecimentos como ‘desastres’ quando vemos apenas 1% do cenário geral.

 Como é bom saber que apesar do homem fazer planos para sua vida, é o Senhor quem dirige seus passos. Quando colocamos nossos acontecimentos e circunstâncias nas mãos de Deus e em sua vontade, sabemos que Ele tem cuidado de nós, e tem algo a nos ensinar e então a nos conduzir ao um novo modo de viver que glorifique o Seu nome, e somos abençoados com isso.

Qual é a sua perspectiva?

Oliver Conovalov

Um comentário sobre “Sorte

  1. A minha perspectiva é baseada no “tudo coopera juntamente para o bem daqueles que temem a Deus”.Eu não posso me assegurar de que sempre farei as melhores escolhas, mas tenho a certeza de que Deus usará as consequências das minhas escolhas para me ensinar e abençoar!
    Quanto ao velhinho da história; seria ele um sábio? Um ser passivo? Eu não consegui sentir qual era a dele afinal…rs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s